Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Ciclismo: CBC e Governo Federal firmam parceria

A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) acaba de fechar uma importante parceria com o Ministério do Esporte. O projeto, aprovado através da comissão gestora do sistema de gestão de convênios e contratos de repasse (Sincov), disponibiliza para a CBC 220 bicicletas de estrada.

Buscando melhorias no desenvolvimento nacional do ciclismo, esporte que hoje disputa 54 medalhas olímpicas sendo uma das modalidades com maior participação, a nova parceria fomentará 27 núcleos de desenvolvimento na base.

Inicialmente os equipamentos serão disponibilizados para os campeões dos Jogos Escolares, para que possam representar suas escolas nas Olimpíadas da modalidade, com representantes de todo o Brasil. Posteriormente a CBC irá realizar uma avaliação técnica nos campeões, proporcionando todo suporte necessário para que continuem treinando.

O próximo passo será introduzir novos atletas, entre 12 e 17 anos no cenário do ciclismo nacional, buscando um desenvolvimento na formação de novos atletas, possibilitando futuras condições de igualdade em treinamento e competições para os ciclistas da base.

- Bicicleta Brasil 

Está pronto para votação na Comissão de Desenvolvimento Urbano no Congresso Nacional, o projeto "Bicicleta Brasil" do Governo com o apoio da CBC.

O projeto que incentiva o uso da bicicleta como transporte nas cidades está pronto para votação na Comissão de Desenvolvimento Urbano. O texto (PL 6474/09) institui o Programa Bicicleta Brasil, a ser aplicado nos municípios de até 20 mil habitantes.

A intenção é valorizar o uso de um veículo barato, saudável e não poluente em um sistema viário que, hoje, está muito concentrado nos veículos motorizados, sobretudo os automóveis. Para isso, os municípios são incentivados a implantar ciclovias, ciclofaixas, bicicletários públicos e equipamentos de apoio ao ciclista.

O programa seria financiado por 15% da arrecadação com as multas de trânsito; dotações orçamentárias de União, estados e municípios; além de contribuições de pessoas físicas e jurídicas. O relator da matéria, deputado Roberto Britto (PP-BA), apresentou apenas uma emenda ao texto para facilitar a implementação do Programa Bicicleta Brasil também nas cidades com mais de 500 mil habitantes.

"É necessária a implantação de infraestrutura, que é algo mais ampliado. A gente tem que trabalhar com o ideal de construir redes cicláveis, que se compõem de um misto de infraestruturas: ciclovias, ciclofaixas, passeios compartilhados e vias cicláveis para o compartilhamento com o automóvel. E com um misto disso, claro que, com critérios técnicos, a gente consegue prover uma infraestrutura para o ciclista se locomover por toda a cidade", comentou o professor de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Paulista, Cláudio da Silva.

O projeto do Governo com o apoio da CBC tem como espelho algumas experiências internacionais bem sucedidas de convívio pacífico entre ciclistas, motoristas e pedestres nas vias públicas. O presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo, José Vasconcelos, apoia a proposta.

"É um grande projeto que vai dar um respaldo a muitas outras ações de sustentabilidade e de saúde, porque aquele trabalhador ou aquele que vai para a escola de bicicleta, sem imaginar, está provocando saúde para ele. Nos Estados Unidos, existem, em média, cinco bicicletas por pessoa. O Brasil ainda tem muito que crescer."



Nenhum comentário:

Postar um comentário