Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 29 de setembro de 2012

Ciclofaixa no centro da capital vai ganhar monitores e paraciclos


Pontos históricos do centro de São Paulo vão ganhar paraciclos, horários ampliados e mais monitores a partir de amanhã para atender aos frequentadores da ciclofaixa de lazer, inaugurada na semana passada. 
A falta de locais seguros para deixar as bicicletas foi uma das reclamações dos usuários no primeiro dia de funcionamento da ciclofaixa no centro que, diferentemente das demais ciclofaixas, foi criada justamente para levar paulistanos e turistas a atrativos históricos e culturais. 
Arley Ayres, diretor administrativo e financeiro da SPTuris, diz que todos os paraciclos terão segurança. 
"A pessoa recebe uma pulseira como essas de balada, deixa nome e RG e pode passear a pé pela região. Depois volta, devolve a pulseira e pega a bicicleta. Se perder a pulseira, apresenta um documento para comprovar que é ele mesmo", explicou. 
Serão seis paraciclos, cada um com capacidade para 50 a 60 bicicletas por vez. 
Dependendo da procura, o número pode ser ampliado a partir da próxima semana. 
A ciclofaixa do centro é interligada à da avenida Paulista, inaugurada no início deste mês, pela rua Vergueiro e avenida Liberdade. 
Os paraciclos serão instalados no Theatro Municipal, praça da Sé, largo São Bento, Pateo do Collegio, praça do Patriarca, no centro histórico, e no Centro Cultural São Paulo, na rua Vergueiro. 
Ao lado de cada paraciclo haverá um totem com informações sobre as atrações do entorno. No circuito da ciclofaixa, a SPTuris identificou 27 locais com relevância arquitetônica, como o edifício Martinelli, ou cultural. 
No Pateo do Collegio, por exemplo, haverá detalhes sobre horários de visitação no Museu Anchieta, Solar da Marquesa, Beco do Pinto e Casa da Imagem. 
No Solar da Marquesa, as visitas monitoradas serão de uma em uma hora das 9h às 15h. Mas é possível visitar o local a qualquer momento, sem monitoramento 
No Theatro Municipal, haverá visita monitorada também às 10h -antes era apenas às 14h-, mas será preciso agendar com antecedência pelo site www.teatromunicipal.sp.gov.br. 
Para o prefeito Gilberto Kassab (PSD), a ciclofaixa pode ser parte importante do processo de revitalização do centro da cidade, por atrair paulistanos e turistas para a região. Domingo passado foram 10 mil pessoas. 
Ele já encomendou à CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) um estudo para que a ciclofaixa, apenas no trecho do centro, passe a funcionar também aos sábados. Hoje, as ciclofaixas funcionam aos domingos e feriados, sempre das 7h às 16h. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário